Se7en, de David Fincher

“People don’t want a champion. They want to eat cheeseburgers, play the lotto and watch television.”

A Trégua, de Mário Benedetti

A Trégua (La Tregua, 1960), do escritor uruguaio Mário Benedetti (1920–2009), é o retrato pungente de um homem que se tornou espectador da própria vida.

As Docas de Nova York, de Josef von Sternberg

Antes de dirigir seus filmes mais conhecidos com a estrela Marlene Dietrich, como O Anjo Azul (The Blue Angel / Der blaue Engel, 1930) e A Imperatriz Galante (The Scarlett Empress, 1934), Josef von Sternberg já apresentava o mesmo lirismo sombrio em filmes hoje praticamente desconhecidos,

Noites Brancas, de Fiódor Dostoiévski

Hoje quero fazer um convite à leitura de Noites Brancas (White Nights / Белые ночи), breve romance de Fiódor Dostoiévski (1821–1881), que serve de porta de entrada para o leitor iniciático à obra do escritor russo.

A Maleta Fatídica, de Jacques Tourneur

Depois do sucesso com os filmes de terror B, Jacques Tourneur passou a trabalhar com grandes produtoras, com a alternância entre o gênero pelo qual ficou conhecido e filmes noir, como Fuga do Passado (Out of the Past, 1947) e A Maleta Fatídica (Nightfall, 1957, que tradução ridícula!).

Extermínio, de Danny Boyle

Existem muitos filmes bons sobre cenários pós-apocalípticos, onde o futuro da humanidade depende de alguns poucos e nada seletos sobreviventes.