O Garoto, de Charlie Chaplin

Este clássico imperfeito de 1921 começa com um aviso que antecipa não só o próprio filme, como as obras-primas que Chaplin faria a seguir