Sombra do pavor, de Henri-Georges Clouzot

Sombra do pavor (Le Corbeau, 1944) é um filme de suspense com poucos pares na história do Cinema, porque ao invés de se restringir a tensões individuais ele abrange toda uma paranoia social, como O Homem de palha (The Wicker man, 1973, de Robin Hardy), só que dez vezes mais obscuro.

Antes de dirigir suas obras-primas, O Salário do medo (Le salaire de la peur / The Wages of fear, 1953) e As Diabólicas (Les diaboliques / Diabolique, 1954), o francês Henri-Georges Clouzot já criara grandes obras de suspense, como Crime em Paris (Quai des Orfèvres, 1947) e esta aqui. Le Corbeau por sinal lhe custou um hiato forçado de três anos por ter feito esse filme sob uma produtora alemã e pela visão pouco entusiástica de seus conterrâneos.

A história ocorre numa cidadezinha francesa não identificada. O que começa como uma série de pequenas intrigas, o relacionamento de um médico com a esposa de outro homem e algumas frustrações pessoais, logo se transforma num nervosismo coletivo quando os cidadãos começam a receber cartas anônimas d’O Corvo, algumas delas com acusações gravíssimas. Já diria W. Somerset Maugham sobre as cartas anônimas: é “um dos prazeres da vida na França”. Inclusive, o roteiro pode ter sido baseado num evento real, ocorrido em Tulle, no ano de 1917.

Le Corbeau (the letter)

Das pessoas mais simples ao prefeito, todos têm sua intimidade exposta contra vontade e então famílias se rompem ou as pessoas viram umas contra as outras. Mas o principal alvo dessas cartas é o doutor Rémy Germain (Pierre Fresnay), acusado de auxiliar abortos no passado e, mais recentemente, de manter relações sexuais com Laura (Micheline Francey), a bela esposa do diretor do hospital onde Germain trabalha, o velho Michel Vorzet (Pierre Larquey).

Le Corbeau (Rémy and Laura)

Para complicar ainda mais a vida do doutor, Denise (Ginette Leclerc), coxa e hipocondríaca, tenta a todo custo seduzi-lo. Ela, Rémy e Laura formam então um estranho triângulo amoroso, o qual está mais para triângulo – por ser pontiagudo – do que para amoroso.

Le Corbeau (Denise)

E a situação foge de fato de controle quando uma das cartas é endereçada a um portador de câncer terminal, a revelar-lhe a verdade sobre seu estado de saúde irrecuperável. Esse homem em seguida se suicida e sua morte serve de estopim para a iminente paranoia a estabelecer-se sobre a cidade.

Em seu enterro uma nova carta anônima, endereçada ao povoado, cai do carro fúnebre. Este é o ponto alto do filme, esta cena, onde nessa cidade em que todos são mais ou menos aleijados, seja física ou moralmente, as pessoas demonstram grande pavor dessa carta a ponto de passarem longe dela. Mais do que o pedaço de papel, as palavras ali contidas tornam-se uma arma e compõem a principal fonte de terror de Le Corbeau.

Le Corbeau (the funeral)

A nova carta joga a culpa do suicídio sobre uma das enfermeiras do hospital, cuja reputação também não é das melhores. Põe-se assim em marcha uma louca perseguição, na qual a mulher é vista correr de uma multidão raivosa. O curioso é que essa multidão não se vê; apenas se ouvem seus gritos, seus passos, e com isso sentimos sua presença próxima.

Le Corbeau (the chase)

Porém, mesmo depois da prisão da enfermeira, as cartas continuam a assombrar a cidade. Quem seria o verdadeiro autor dessas cartas? E por que razão as escreveria?

Assiste ao filme para saber, porque vale a pena. Além do suspense crescente, Sombra do pavor é pontuado de interpretações convincentes, uma direção segura, e um roteiro com um fino senso de humor, embora pessimista.

Ficha técnica:
Título: Sombra do pavor / The Raven / Le Corbeau;
Direção: Henri-Georges Clouzot;
Elenco: Pierre Fresnay, Ginette Leclerc, Micheline Francey, Héléna Manson, Pierre Larquey…;
Roteiro: Henri-Georges Clouzot , Louis Chavance;
Cinematografia: Nicolas Hayer;
Edição: Marguerite Beaugé;
Música: Tony Aubin;
Produção: René Montis, Raoul Ploquin;
Ano: 1944;
País: França;
Gênero: Suspense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *