Em 2011, esta era a minha lista de melhores bandas de rock. Será que mudou com o passar do tempo?

Lê também: A “boa” música e a “má” música. E: TOP ≈10 – Hinos do Rock.

12. Cream. Álbuns que a consagraram: Fresh Cream, Disraeli Gears e Wheels of Fire. Antes que Blind Faith fosse um super grupo musical, Cream já o era, até porque dois de seus integrantes pertenceram às duas formações. Eric Clapton foi um deles. Com apenas guitarra, baixo e bateria eles faziam seu Rock surreal soar como se a banda fosse muito maior. Sugestão de músicas: I Feel Free, SWLABR e Crossroads.

11. Os Mutantes. Álbuns que a consagraram: A Divina Comédia e Jardim Elétrico. A melhor e mais revolucionária banda brasileira tem sua porção de fãs no país e pelo mundo. Foi bastante revolucionária inclusive quando comparada a bandas internacionais. Rock psicodélico, samba de morro, batuque africano, ousadia, crítica e muito humor: isso é Mutantes. Como bônus, Rita Lee quando jovem era linda. Sugestão de músicas: El Justiciero, Portugal De Navio, Meu Refrigerador Não Funciona e Minha Menina.

10. AC/DC. Álbuns que a consagraram: Back in Black e High Voltage. Desde os anos 70 sem perder o pique, AC/DC toca o mesmo Blues Rock e Hard Rock pelo qual ficou conhecida. Angus Young é um show à parte, pelo vestuário e, principalmente, pela empolgação e qualidade de sua guitarra. Sugestão de músicas: It’s A Long Way To The Top, Let Me Put My Love Into You e Rock And Roll Ain’t Noise Pollution.

9. Rolling Stones. Álbuns que a consagraram: Beggars Banquet, Exile On Main Street, Some Girls e Let It Bleed. Hoje pode não ter a mesma importância dos anos 60 e 70, no entanto seus álbuns antigos continuam a soar ótimos como sempre. Uma banda cujo lema sempre foi “Sexo, Drogas e Rock and Roll“, com bastante ênfase na segunda parte. Sugestão de músicas: Gimmie Shelter, You Can’t Always Get What You Want e Miss You.

8. The Beach Boys. Álbuns que a consagraram: Pet Sounds e Good Vibrations. O princípio Surf Rock da banda é divertido, mas Brian Wilson a transformou em algo muito maior. Protagonizou, ao lado de The Beatles, talvez a disputa artística mais benéfica para a música. Sem Beatles, não haveria Pet Sounds; Sem Beach Boys, não haveria Sgt. Pepper’s – simples assim. É deles a melhor e mais completa gravação de Pop-Rock, com Good Vibrations (uma mini-ópera, como é descrita). Sugestão de músicas: Good Vibrations, I Just Wasn’t Made For These Times, God Only Knows e Wouldn’t It Be Nice.

7. Pink Floyd. Álbuns que a consagraram: The Dark Side of the Moon, Wish You Were Here e The Wall. Experimentação, tanto em matéria de composição quanto de gravação, é uma das marcas registradas desta banda. Elevaram o Rock a ainda outro patamar, o que só foi possível graças ao gênio e habilidade de seus músicos. Sugestão de músicas: The Great Gig In The Sky, Hey You e Shine On You Crazy Diamond (partes I e II).

6. Queen. Álbuns que a consagraram: A Night at the Opera e News of the World. Queen foi, até o falecimento de Freddie Mercury, uma banda extremamente performática e variada. Seus álbuns são marcados por uma fusão de Blues, Heavy Metal, Contry Rock, Pop e tudo o que se possa imaginar. Seus músicos estão entre os mais competentes e Mercury, dono de uma voz incrível, popularizou a agora típica imagem do vocalista-pianista. Além disso, tem uma relação muito estreita com o cinema. Sugestão de músicas: Get Down Make Love, I Want It All e Who Wants to Live Forever.

5. The Beatles. Álbuns que a consagraram: Rubber Soul, Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band e The Beatles. Os famosos quatro garotos de Liverpool podem não ser tecnicamente tão expressivos quanto os músicos citados acima, mas ainda são excelentes em seus estilos. Ajudaram a evoluir o Rock, tido antes como algazarra, em algo mais profundo e sofisticado. Eventualmente a disputa entre três grandes gênios musicais (e com um Ringo meio chateado) pôs um fim à banda mais famosa do mundo. Sugestão de músicas: While my guitar gently weeps, Everybody’s got something to hide, Eleanor Rigby e Dig A Pony (do álbum Let it Be… Naked).

4. Blind Faith. Álbuns que a consagraram: Blind Faith. A reunião de músicos já consagrados como Eric Clapton (Yardbirds e Cream), Ginger Baker (Cream) e Steve Winwood (Spencer Davis Group e Traffic) resultou neste único trabalho, o que faz de Blind Faith a melhor banda de um álbum só e uma das melhores em geral. Sugestão de música: Had To Cry Today.

3. The Who. Álbuns que a consagraram: Tommy e Who’s Next. A guitarra e o teclado/piano/órgão de Pete Townshend é um dos marcos do gênero, mas o que chama mais a atenção mesmo é a bateria de Keith Moon, indiscutivelmente um dos melhores na posição. Sugestão de músicas: Behind Blue Eyes, Baba O’Riley e Pinball Wizard.

2. The Allman Brothers. Álbuns que a consagraram: Idlewild South e The Filmore Concerts. Em estúdio e ao vivo, são poucos os músicos que conseguem chegar perto do nível de excelência do guitarrista Duane Allman ou do vocalista Gregg Allman. O Contry Rock e o Blues Rock não podem soar melhor do que isso. Sugestão de músicas: Whipping Post e Midnight Rider.

1. Led Zeppelin. Álbuns que a consagraram: I, II, III, IV, Houses of The Holy e Phisycal Graffiti. Apesar de ser conhecida por alguns furtos autorais, Led Zeppelin é uma das melhores reuniões de músicos que já tocaram sobre este planeta. Destaque para a guitarra de Jimmy Page e os vocais sensuais de Robert Plant. Sugestão de músicas: Babe I’m Gonna Leave You e Since I’ve Been Loving You.